Joe Biden culpa Donald Trumph por invasão do Capitólio

No aniversário de um ano da invasão do Capitólio dos Estados Unidos, o presidente Joe Biden foi até o prédio do Congresso americano e fez um discurso no qual culpou o ex-presidente Donald Trump diretamente pela violência do ataque.

“Pela primeira vez em nossa história, um presidente não apenas perdeu uma eleição, ele tentou impedir a transferência pacífica do poder quando uma multidão violenta violou o Capitólio”, declarou Biden durante sua fala, que durou pouco mais de trinta minutos.

“Mas eles falharam. Eles falharam. E neste dia de lembrança, nós devemos se certificar de que tal ataque nunca, nunca aconteça novamente”, complementou.

Trump chegou a convocar uma coletiva de imprensa para esta quinta (6), mas cancelou os planos.

Embora tenha condenado suas ações repetidamente, Biden não citou o nome de Donald Trump nenhuma vez durante o discurso, chamando-o apenas de “ex-presidente” – 16 vezes no total.

Mais tarde, em conversa com repórteres, ele explicou que essa opção foi adotada para “não transformar isso em uma batalha política contemporânea”, dizendo que a invasão “vai muito além”.

“Aqui está a verdade: um ex-presidente dos Estados Unidos da América criou e espalhou uma rede de mentiras sobre as eleições de 2020. Ele fez isso porque valoriza o poder acima de princípios. Porque ele vê seu próprio interesse como mais importante do que o interesse de seu país e o interesse da América”, afirmou Biden no discurso.

“E porque seu ego ferido é mais importante para ele do que nossa democracia ou nossa Constituição. Ele não pode aceitar que perdeu”, completou. (CNN)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *