Covid pode matar 700 mil pessoas na Europa e pode gerar nova onda no Brasil

Depois de um período de otimismo, com o controle da Covid-19 entre meados de abril e agosto deste ano, alguns países da Europa voltam a ver os registros de novos casos da infecção dispararem. Cientistas afirmam que a quarta onda da pandemia no continente é uma ameaça para todo o mundo, inclusive para o Brasil.

A França registra mais de 30 mil casos de Covid por dia. Estima-se que 700 mil pessoas morram na Europa nos próximos meses.

 

A Alemanha perdeu o controle da pandemia e tem um número de vacinados maior que Manaus, onde o Reveillon e o Carnaval foram liberados pelo prefeito David Almeida.

“Enquanto não vacinar todo mundo, se abrir mão do uso de máscaras, liberarando aglomerações e não pedindo o passaporte da vacina, é esperado que ocorram novas ondas. A doença é cíclica e novos ciclos serão evitados vacinando a população”, afirma a epidemiologista Carla Domingues, especialista em saúde pública.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) vem fazendo alertas recorrentes sobre a situação da Europa. Na segunda-feira (23/11), durante a conferência de abertura do Congresso Brasileiro de Epidemiologia, uma das diretoras da entidade, Mariângela Simão, afirmou que o mundo está entrando em uma quarta onda da pandemia da Covid-19.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *