Rio de lava do Cumbre Vieja chega ao Atlântico

A lava do vulcão Cumbre Vieja, na ilha de La Palma, voltou, esta quarta-feira (10), a alcançar as águas do Atlântico perto da praia de Los Guirres, anunciou o Ministério dos Transportes e Mobilidade de Espanha através da rede social Twitter.

O choque térmico entre a lava, a uma temperatura acima dos 800 graus centígrados, e o mar está a provocar colunas de vapor de água com partículas de ácido clorídrico, que podem ser perigosas para a saúde nas zonas mais próximas do ponto de emissão.

Todos os bairros e casas em redor da praia de Los Guirres (leste de La Palma, uma das ilhas do arquipélago espanhol das Canárias) foram evacuados nas últimas semanas, devido à ameaça que representava o lento avanço da lava.

Por outro lado, segundo as autoridades, verificou-se uma ligeira melhoria da qualidade do ar, uma das questões que mais preocupava nos últimos dias, tendo as partículas em suspensão (PM 10) passado de uma situação considerada de “extremamente desfavorável” para “desfavorável” nos municípios de Los Llanos de Aridane, El Paso, Tazacorte, Puntagorda e Tijarafe.

A emissão de dióxido de enxofre – associada à cinza vulcânica – também permanece elevada, com valores entre nove mil e 13 mil toneladas por dia, mas a sua evolução temporal “reflete uma tendência descendente”.

O Departamento de Segurança Nacional espanhol avançou que a área afetada pelo vulcão Cumbre Vieja, que iniciou a sua atividade em 19 de setembro, atinge 988,27 hectares, enquanto a largura máxima entre os fluxos de lava exterior permanece nos 3100 metros.

Por seu lado, o Instituto Nacional Geográfico espanhol (ING) informou que desde as 0 horas (a mesma hora em Lisboa) a atividade sísmica na ilha de La Palma produziu cerca de 30 tremores de terra, a maioria dos quais nos municípios de Fuencaliente e Villa de Mazo, e com magnitudes entre 2,2 e 3,7.

O ING explicou que “a sismicidade permanece baixa em comparação com as semanas anteriores” e continua a estar localizada nas mesmas áreas geográficas.

O navio da Marinha espanhola “Castilla” deverá chegar esta quarta-feira à ilha de La Palma para ajudar os agricultores afetados pela erupção do vulcão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *