Jornalista preso à pedido do STF está paraplégico

O jornalista Oswaldo Eustáquio que foi preso por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, recebeu ontem (3), laudo de paraplegia, com previsão de 3 meses de internamento.

 Ao ser preso, o jornalista saiu de casa andando e voltou em uma cadeira de rodas, proibido de receber visitas, dar entrevistas ou falar nas redes sociais.

A esposa de Osvaldo Eustáquio, Sandra Terena, se manifestou Ela ainda declarou: “Estamos em oração pela sua recuperação. Obs: ele permanece censurado pelos mesmos que o prenderam ilegalmente.”

Indignado, o jornalista Rodrigo Constantino comentou:

“O quadro não é irreversível e continuamos orando por um milagre. Eustáquio ficou paraplégico sob a custódia do Estado após uma prisão inconstitucional determinada pelo STF em um inquérito que prossegue com réus presos desde abril de 2020.”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *