Enem 2021: versão impressa concentra maioria dos candidatos

Dicas

Na reta final, o preparo para o exame, em ambas as versões, é semelhante, afirmam os professores. “O ideal agora é focar em exercícios, simulados e em provas antigas. Dentro do limite do tempo e da disponibilidade que cada estudante tem, ele deve procurar as provas do primeiro dia de exame para ter modelos de questões — provas de linguagens, ciências humanas e redação –  e cronometrar o tempo para fazer as provas. Pensar em estratégias de prova, entender como lidar com questões difíceis”, recomenda Duarte.

Na página do Inep, estão disponíveis as provas e os gabaritos de anos anteriores.

Um dia antes do exame, a dica é descansar e ficar atento a recomendações como não comer nada pesado, dormir bem à noite, não estudar na manhã do dia da prova, para evitar estresse e conservar a saúde mental antes da prova, diz Braga.

Rafael Duarte lembra que, na semana passada, o clima foi de apreensão e insegurança entre os estudantes, por causa de demissões ocorridas no Inep. “O ideal é agora focar na preparação, esquecer esse ambiente conturbado e tentar não se influenciar pela atmosfera de incerteza”, diz. “É bom o aluno focar na prova e continuar a preparação dele para o Enem porque essa preocupação não vai trazer um resultado positivo.”

Enem 2021

Em audiência pública na Câmara dos Deputados, o presidente do Inep, Danilo Dupas Ribeiro, descartou a possibilidade de riscos quanto à realização do Enem. “Reforço que as aplicações [do Enem] estão garantidas, pois as fases preparatórias já foram concluídas, restando a distribuição das provas para a sua aplicação”, disse. “As provas estão prontas, e as equipes já foram capacitadas. Está tudo certo, não se preocupem”.

O Enem classifica estudantes para vagas em instituições  públicas de ensino superior pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (Prouni), e serve de parâmetro para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os resultados também podem ser usados para entrada em instituições de ensino portuguesas que têm convênio com o Inep.

O exame será aplicado nos dias 21 e 28 de novembro. No primeiro dia, os estudantes farão as provas de linguagens, ciências humanas e redação. No segundo, matemática e ciências da natureza. Os locais de prova estão disponíveis no Cartão de Confirmação de Inscrição na Página do Participante. (ABr)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *