Como a Filosofia ajuda em momentos de adversidade

Alunos e voluntários da Nova Acrópole Manaus contam como utilizam ensinamentos históricos no dia a dia; programação de palestras online e gratuitas inicia nesta segunda (16)

Tema da programação do Dia Mundial da Filosofia este ano, “Como a filosofia pode ser útil em momentos de adversidade”, é uma realidade na vida de muitos alunos e voluntários da Organização Internacional Nova Acrópole, que celebra a data todos anos, com atividades nos mais de 50 países em que está presente e em suas 80 sedes no Brasil.

Em Manaus, haverá a retransmissão das palestras que acontecem de 16 a 21 de novembro, sempre às 18h (Manaus), com bate – papo após as palestras. Para o público em geral, dúvidas e perguntas poderão ser tiradas por meio do canal de Nova Acrópole no Telegram.

“Hoje eu não posso mais viver sem filosofia porque, dentre as inúmeras coisas que ela já me mostrou e que me permite ver a cada dia, uma delas é fundamental: saber discernir os meios dos fins. Então, quando as adversidades surgem, quando a situação fica difícil, quando algum cenário difícil se apresenta, a filosofia vem e te lembra que a nossa finalidade é ser humano”, afirma a aluna e voluntária Débora Pessoa.

Para a advogada Nicole Brandão, a filosofia é uma ferramenta  que possibilita aprofundar cada vez mais nas circunstâncias dadas pela vida. “Com esse aprofundamento eu consigo adquirir chaves que eu guardo dentro do meu coração e que me possibilitam, cada vez mais olhar mais beleza, olhar mais harmonia, olhar o divino em tudo aquilo que me rodeia”, explica.

O professor voluntário Fabrício Neves concorda: “Ao ampliar nossa visão sobre a vida, a filosofia mostra que, diante das dificuldades, somos capazes de vencê-las, pois ela nos ajuda a descobrir ferramentas com as quais podemos enfrentar como coragem, bondade, força de vontade, e inúmeras outras que nos ajudam a lidar com as dificuldades, disse.

Sobre a data

O Dia Mundial da Filosofia é uma data instituída pela UNESCO em 2005, é celebrada todos os anos na terceira quinta-feira do mês de novembro pela Organização Nacional Nova Acrópole. O objetivo é mostrar o papel da filosofia para o desenvolvimento do pensamento, das atitudes e das relações humanas.

Este ano, temas como a capacidade de lidar com o medo e as incertezas, a importância das relações no contexto atual, a simplicidade como estratégia para a felicidade e o desenvolvimento de virtudes como a fortaleza irão mostrar como a filosofia, sob a perspectiva de Marco Aurélio, Sêneca, Epicteto e Confúcio, pode nos ajudar a encontrar respostas.

Um dos destaques, a professora Lúcia Helena Galvão, falará sobre a vida e obra do filósofo e historiador francês Pierre Hadot, responsável por trazer novamente à tona a filosofia como um modo de vida, na palestra online “Pierre Hadot: conselhos práticos para a arte de viver”. A palestra online será transmitida na sexta-feira, dia 20/11, às 19h.

“A arte de viver sempre foi o objetivo da Filosofia. E para isso, é fundamental termos a confiança de que aquilo que acontece conosco é o necessário para nos despertar e nos tornar um ser humano melhor. Aprender a superar as crises com dignidade nos permite extrair delas o que elas tinham para nos ensinar”, explica Lúcia Helena.

Encerrando a programação, o diretor nacional da Nova Acrópole no Brasil, Luis Carlos Marques Fonseca, mostra a “Adversidade como oportunidade para a renovação da vida”, no sábado 21/11, também às 19h. “Vivemos momentos difíceis, com incertezas e medos. Mais do que nunca, é necessário encontrar respostas e força para superar as provas que a vida nos coloca. A filosofia sempre foi muito útil nesses momentos. Através dela, poderemos transformar essas dificuldades em oportunidades para expandir nossos horizontes, conquistando uma vida mais plena de realização e felicidade”, garante Luis Carlos.

Programação Dia Mundial da Filosofia 2020
De 16 a 21/11, às 19h, no Canal Nova Acrópole no Youtube e no Facebook/LuciaHelenaPoesia

16/11: “Marco Aurélio: a capacidade de lidar com o medo e as incertezas”
Professora Manuela Bittar

17/11: “Confúcio: a convivência humana em tempos de crise”
Professora Melissa Andrade

18/11: “Sêneca: a vida simples e feliz”
Professora Kelly Aguiar

19/11: “Epicteto: a fortaleza para momentos difíceis”
Professor Jean César Antunes

20/11: “Pierre Hadot: conselhos práticos para a arte de viver”
Professora Lúcia Helena Galvão

21/11: “Adversidade como oportunidade para a renovação da vida”
Professor. Luis Carlos Marques Fonseca

 

 

Sobre Nova Acrópole:

Nova Acrópole é uma organização internacional de caráter filosófico, cultural e voluntário que atua há mais de 60 anos na promoção do estudo da filosofia de maneira aplicada, buscando fazer com que os ensinamentos e experiências que deram sustentação às grandes civilizações sirvam de base para reflexões e ações que possam contribuir na construção de uma sociedade melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *