Omar Aziz depõe na PF e responsabiliza parentes

Manaus (AM) – O senador Omar Aziz (PSD-AM) prestou depoimento na manhã desta terça-feira (23), na Superintendência da Polícia Federal sobre a suspeita de participação no esquema criminoso que desviou mais de R$ 250 milhões da área da Saúde no Amazonas.

Omar Aziz depôs quatro dias após a prisão de seus irmãos – Amin, Murad e Mansur Aziz – e de sua esposa, Nejmi Aziz.

Os familiares de Omar foram presos na na última sexta-feira (19), durante a Operação Vertex – a quinta fase da operação Maus Caminhos, deflagrada em 2016, e que apura crimes como corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa na terceirização de empresas para administrar unidades de saúde no Estado.

O senador afirmou que os parentes presos “são maiores de idade e podem ser responsabilizados por seus atos”, Omar está proibido de falar com os presos, segundo a PF, e também não pode deixar o País.

O caso

Foi durante a gestão de Omar Aziz que o Instituto Novos Caminhos (INC) passou a prestar serviços para o Estado. O INC é o núcleo de todo o esquema de desvios de recursos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *