Ex-delegada da Lava Jato, pode assumir a chefia da PF

A delegada Erika Marena, que se destacou na Operação Lava Jato, está sendo cotada para assumir a chefia da Polícia Federal, que ficará subordinada ao futuro ministro Sergio Moro. Seria a primeira mulher da história a ser escolhida diretora geral da PF.

Erika já é cotada para assumir a PF há algum tempo, quando foi a mais votada em uma lista tríplice da Associação Nacional de Delegados da Polícia Federal. A delegada conhece o juiz Sergio Moro desde 2000. Sua representação na TV ficou famosa na série O Mecanismo, interpretada como delegada Verena. Atualmente é superintendente da Polícia Federal em Sergipe.

Erika começou a cursar direito em 1993, na Universidade Federal do Paraná. Ingressou na Polícia Federal em 2003, na superintendência em São Paulo. Voltou para Curitiba para trabalhar na força-tarefa CC5, que envolvia o caso Banestado. Encerrada as investigações, passou a integrar o Grupo de Repressão aos Crimes Financeiros, que se transformou em delegacia em 2012. Erika passou a chefiar o departamento e, em 2013, atuou no inquérito embrião da Lava Jato.

Informações: MBL News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *