Bolsonaro alerta Levy: “Se não abrir a caixa preta do BNDES, vai para a rua”

Joaquim Levy foi escolhido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, para a presidência do BNDES no Governo Jair Bolsonaro. Levy foi secretário do Tesouro Nacional no começo da gestão Lula e Ministro da Fazenda no segundo mandato de Dilma. Também foi secretário de Estado da Fazenda do Rio de Janeiro no governo Cabral.

O presidente eleito comentou sobre a escolha: “Tanta gente que já apoiou a Dilma, apoiou o Lula, apoiouu o Temer… Não é por que apoiou, teve do lado, num cargo, que você vai execrar o cara. Teve cara que passou por lá sem problema nenhum.” Bolsonaro ainda disse que Levy foi escolha de Paulo Guedes, que pediu um voto de confiança.

Sobre sua declaração de abrir todos os sigilo de empréstimos do BNDES, o presidente eleito disse: “A caixa-preta vai ser aberta na primeira semana! Não tenha dúvida disso. Se não abrir a caixa-preta, ele está fora, pô.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *