Agência Agropecuária promove concurso para 208 vagas

Manaus (AM) – A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas divulgou edital de concurso público para preenchimento de 208 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade fundamental, médio e superior. Do quantitativo de vagas, 135 são para preenchimento imediato e 73 para formação de cadastro reserva. O Instituto AOCP tem a responsabilidade do certame.

Serão reservadas oportunidades para deficientes (20) e portadores de Síndrome de Down (04). De acordo com o presidente da ADAF, Sérgio Muniz, o concurso tem como principal objetivo atender às exigências do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

As oportunidades do concurso são destinadas aos cargos de Auxiliar de Fiscalização Agropecuário (08), Motorista “D” (08) e Motorista Fluvial (07), com requisito de nível fundamental, Agente de Fiscalização Agropecuária (05), Assistente Técnico (17) e Técnico de Fiscalização Agropecuária (94), com exigência de nível médio e/ou técnico, Administrador (02), Analista de Redes (02), Contador (02), Economista (01), Estatístico (01), Jornalista (02), Engenheiro Agrônomo (05), Fiscal Agropecuário/Engenheiro Agrônomo (08), Fiscal Agropecuário/Engenheiro Florestal (05), Fiscal Agropecuário/Médico Veterinário (37) e Médico Veterinário (04), com requisito de ensino superior. Os salários oferecidos oscilam entre R$ 2.202,20 e R$ 6.570,95, já com a Gratificação de Fiscalização Agropecuária e Florestal.

Municípios

As oportunidades do concurso ADAF 2018 são destinadas as cidades de Nhamundá Lábrea, Manacapuru, Manaquiri, Novo Airão,Boa Vista do Ramos, Boca do Acre, Borba, Caapiranga, Canutama, Carauari, Careiro da Várzea, Careiro, Coari, Codajás, Manaus, Manicoré, Maraã, Maués, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Santa Isabel do Rio Negro, Santo Antônio do Içá, Tonantins, Uarini, Urucará, Urucurituba, Novo Aripuanã, Parintins, Pauini, Alvarães, Amaturá, Nova, Olinda do Norte, Eirunepé, Envira, Fonte Boa, Guajará, Humaitá, Ipixuna, Iranduba, Itacoatiara, Itamarati, Itapiranga, Japurá, Juruá, Jutaí, Anamã, Anori, Apuí, Atalaia do Norte, Autazes, Barcelos, Barreirinha, Benjamin Constant, Beruri, São Gabriel da Cachoeira, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã, Silves, Tabatinga, Tapauá e Tefé.

Inscrições

As inscrições do concurso ADAF 2018 podem ser feitas até as 23 horas e 59 minutos do dia 08 de outubro de 2018, no site oficial da organizadora do concurso (www.institutoaocp.org.br). A taxa de inscrição custará:

R$ 50 para cargos de nível fundamental;

R$ 70 para nível médio; e

R$ 90 para cargos de nível superior.

Etapas e Provas

O concurso ADAF 2018 será composto por provas objetivas (para todos), prova discursiva (para todos os cargos de ensino superior), prova de títulos (para todos os cargos de ensino superior) e contagem de tempo de experiência profissional (para os cargos de Auxiliar, Agente e Técnico de Fiscalização Agropecuária).

A Prova Objetiva será composta de 80 (oitenta) questões distribuídas por áreas de conhecimento. Cada questão da Prova Objetiva terá 5 (cinco) alternativas, sendo que cada questão terá apenas 1 (uma) alternativa correta. Será atribuída pontuação 0 (zero) às questões com mais de uma opção assinalada, questões sem opção assinalada, com rasuras ou preenchidas a lápis.

As provas objetivas serão aplicadas no dia 09 de dezembro de 2018 em Humaitá, Manaus, Tefé e Parintins. Os locais e horários serão divulgados a partir de novembro.

Provas objetivas

As provas dos cargos de Motorista, Motorista Fluvial e Assistente Técnico contarão com questões de Língua Portuguesa (12), Noções de Informática (08), Noções de Direito Administrativo e Constitucional (08), Legislação Estadual Específica (07), Raciocínio Lógico e Matemático (05) e Conhecimentos Específicos (40).

As provas dos cargos de Auxiliar, Agente e Técnico de Fiscalização Agropecuária contarão com questões de Língua Portuguesa (12), Noções de Informática (08), Noções de Direito Administrativo e Constitucional (08), Legislação Estadual Específica (07), Raciocínio Lógico e Matemático (05) e Conhecimentos Específicos (40). Haverá ainda, experiência profissional, de caráter classificatório.

As provas de todos os cargos de técnico de nível superior e nível superior contarão com questões de Língua Portuguesa (12), Noções de Informática (08), Noções de Direito Administrativo e Constitucional (08), Legislação Estadual Específica (07), Raciocínio Lógico e Matemático (05) e Conhecimentos Específicos (40). Haverá ainda, prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, e Títulos e/ou Experiência Profissional, de caráter classificatório. A validade do concurso será de 24 meses, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *