‘Meninos do Manaquiri’ será lançado no ‘Óscar Ramos’

Manaus (AM) – Recentemente inaugurado pela Prefeitura de Manaus, o Centro Cultural Óscar Ramos receberá nesta quinta-feira, 21/11, às 19h, o lançamento do livro “Meninos do Manaquiri”, de Osíris M. Araújo da Silva. O espaço cultural, que sediará pela primeira vez um evento de lançamento, está situado na rua Bernardo Ramos, casas 69 e 77, no centro histórico, e estará aberto ao público no dia.

A obra de Osíris é um romance memorialista que conta com doses de humor, ironia, saudades e amor, enquanto narra uma viagem sentimental a um passado distante no Manaquiri, interior do Amazonas, onde os “Meninos do Manaquiri” viviam suas aventuras e descobrimentos, livre do controle direto dos pais, e em meio aos costumes e cultura dos moradores daquela região. A narrativa é baseada nas lembranças do próprio autor, que é um dos personagens.

“Restaram lembranças e saudades de um tempo em que estávamos vivos, plenos de vigor e capacidade de descobrir um mundo novo. O Manaquiri nos auxiliou bastante a compreender situações com as quais não tínhamos familiaridade, que nos ajudaram enormemente a construir vidas e personalidades desprovidas de hipocrisia e falsidade de caráter”, comentou Osíris.

Segundo o autor, o livro estará disponível para compra no dia do lançamento, no valor de R$ 50. “Para quem quiser adquirir a obra posteriormente, ela será vendida na livraria Leitura, do Amazonas Shopping. Futuramente também pretendemos lançá-la na plataforma digital”, complementou.

Sobre o autor

O economista e consultor de empresas Osíris M. Araújo da Silva é membro do Grupo de Estudos Estratégicos Amazônicos (Geea), do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), da Academia de Letras, Ciências e Artes do Amazonas (Alcear), do Conselho Regional de Economia (Corecon/AM), do Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas (IGHA) e do Conselho de Gestão Estratégica da Prefeitura de Manaus.

Entre suas outras obras publicadas estão: “Gymnasianos” (2011), “Pan-Amazônia – Visão Histórica, Perspectivas de Integração e Crescimento” (2015), “Economia do Amazonas – Visões do Ontem, Hoje e Amanhã” (2016) e “Da Economia da Borracha à Zona Franca de Manaus – Uma Análise Comparativa”, obra que está sendo editada e com lançamento previsto para 2020.

Centro Cultural Óscar ramos

Inaugurado no aniversário de 350 anos de Manaus, no dia 24 de outubro, o Centro Cultural Óscar Ramos é um espaço destinado para a promoção da cultura, que foi totalmente restaurado pela Prefeitura de Manaus para abrigar o acervo de um dos principais artistas amazonenses, Óscar Ramos, que morreu em junho deste ano.

O Centro Cultural está instalado nas casas 69 e 77,na rua Bernardo Ramos, no Centro. Construídas em 1819, as casinhas, feitas à base de taipa – barro e madeira – e pedra, foram consideradas umas das primeiras moradias de Manaus e carregam em sua arquitetura uma parte da história da cidade, do período colonial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *