Congresso Nacional inicia com três presos

O próximo Congresso, que tomará posse em 2019, já tem dois deputados federais e um senador presos. Somente na semana passada, foram presos o deputado federal eleito Vinicius Farah (MDB-RJ), na Operação Furna da Onça; deflagrada no Rio de Janeiro, o ex-ministro Neri Geller (PP-MT), na Operação Capitu. Neri foi ministro durante o Governo de Dilma Rousseff.

Há também o senador Acir Gurgacz (PDT-RO), que está preso, mas que pode sair para trabalhar no Senado. Este tem forte penetração no sistema de transporte no Amazonas. Ele é dono da empresa Cascavel. Pouca coisa mudou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *