Bolsonaro desmente secretário da Receita

O presidente Jair Bolsonaro negou, meio do porta-voz Otávio do Rêgo Barros, que tenha autorizado estudos para criação de um novo tributo que incidiria sobre igrejas.

A taxação foi anunciada pelo secretário da Receita, Marcos Cintra.

“O Presidente da República não confirmou informação exarada pelo secretário Marcos Cintra sobre tributação a igrejas”, disse Rêgo Barros ao Diário do Poder. “Ele não autorizou”, disse.

A afirmação da tributação foi divulgada com destaque na Folha de S. Paulo nesta segunda-feira (29), ao publicar uma entrevista com Marcos CIntra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *