PCR não detecta variante do vírus da França

Uma variante do novo coronavírus encontrada no hospital de Lannion, na França, passou despercebida nos testes PCR. A “invisibilidade” do vírus preocupa as autoridades de saúde no país, apesar de ser detectada nos testes sorológicos e de coleta de matéria biológica.

Ainda não se sabe se a nova variante pode ser mais letal ou mais infecciosa. Foram registradas oito ocorrências da nova cepa em uma infecção local e interna do hospital de Lannion, localizado em Côtes-d’Armor. Dentre 79 pacientes sintomáticos para Covid-19, estes oito testaram negativo no teste PCR, sendo a doença detectada somente no teste sanguíneo e na coleta de material retirado dos pulmões.

Cientistas do Instituto Pasteur estudam se a cepa pode ser resistente às vacinas existentes. Desde o início da pandemia, a França acumula mais de 90 mil mortes e 4 milhões de casos de Covid-19. No momento, existem 25 mil pessoas internadas no país, sendo 4,2 mil em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). (DP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *