Governador de Santa Catarina é afastado do cargo

Na sexta-feira (26), o Tribunal de Justiça de Santa Catarina aceitou parcialmente a denúncia contra o governador Carlos Moisés (PSL) por crime de responsabilidade na compra dos respiradores no início da pandemia.

Com a decisão, o governador será afastado do cargo por até 120 dias a partir da próxima terça-feira (30). A vice-governadora, Daniela Reinehr (sem partido) comandará o Estado durante esse período.

Os cinco desembargadores e um dos cinco deputados estaduais integrantes do tribunal especial de julgamento entenderam que o chefe do Executivo teria conhecimento da compra dos equipamentos sem a observância das prescrições legais.

O pedido de impeachment está relacionado à compra dos 200 respiradores por R$ 33 milhões com dispensa de licitação, feita no início da pandemia da Covid-19.

Como a denúncia foi aceita, Moisés será julgado por crime de responsabilidade em outra data a ser definida. Se for condenado, perde o cargo de forma definitiva e Daniela Reinehr assume. Essa é a segunda vez que ele é afastado do cargo em cinco meses.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *