UFRJ expulsa alunos por fraude em cotas raciais

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) expulsou 21 alunos do curso de medicina sob a acusação de terem fraudado o sistema de cotas raciais. Além deles, outros seis estudantes de outros cursos também tiveram suas matrículas canceladas pelo mesmo motivo.

Outros 53 alunos estão prestes a perder a vaga devido à mesma irregularidade.

“De forma alguma podemos compactuar com fraudes no acesso às vagas nos cursos de graduação da maior universidade federal do país”, disse a pró-reitora de Graduação da UFRJ, Gisele Pires Viana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *