Jornalista vence Boulos do Psol na Justiça

O jornalista Augusto Nunes venceu o socialista Guilherme Boulos na Justiça. A vitória foi anunciada pelo próprio jornalista, que é colunista e conselheiro editorial da Revista Oeste, na noite de segunda-feira, 22. Ele informou que um pedido de indenização feito pelo político foi negado.

A decisão em favor de Nunes foi tomada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP). O órgão negou o pedido de indenização. Boulos sentiu-se ofendido e recorreu ao Poder Judiciário após o jornalista tê-lo chamado de “gigolô de sem-teto”. No TJ-SP, a decisão foi unânime: os três desembargadores rejeitaram a solicitação do militante do Psol.

“Vive de ficar brincando de dirigente de sem-teto. A Justiça achou perfeitamente pertinente a metáfora”

“Ele ganhou a casa do pai. Ele não tem profissão definida. Não tem local de trabalho conhecido. Ele vive de falar”, afirmou Nunes durante um edição do programa “Os Pingos nos Is”, da rede Jovem Pan, referindo-se a Boulos. “Ele vive de ficar brincando de dirigente de sem-teto. A Justiça achou perfeitamente pertinente a metáfora”, prosseguiu o jornalista ao falar sobre o caso.

O colunista da Revista Oeste aproveitou para informar que o quadro em relação a Guilherme Boulos vai se inverter na Justiça. Isso porque ele pretende processar o socialista, que chegou a conceder entrevistas em que acusa Augusto Nunes de não ter pago o que lhe devia — dívida que o TJ-SP definiu não existir. (Folha da República)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *