Desembargador concede habeas corpus ao cantor Belo

O desembargador Milton Fernandes de Souza aceitou o pedido de habeas corpus da defesa do cantor Belo e expediu o alvará de soltura. O artista passou um dia na prisão e será liberado até o início da tarde desta quinta-feira (18).

O artista Marcelo Pires Vieira – nome verdadeiro de Belo – foi detido na operação “É o que eu mereço” da Polícia Civil do Rio de Janeiro, durante a participação em um programa de rádio, na cidade de Angra dos Reis. Ele foi indiciado pelos crimes de epidemia, esbulho possessório e organização criminosa.

O mandado de prisão foi cumprido pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), da Polícia Civil do Rio de Janeiro. O cantor passou um dia no presídio após ficar sob tutela da Polinter, na zona norte da capital fluminense.

A Polícia Civil cumpriu quatro mandados de prisão preventiva e cinco mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça contra os responsáveis por promover a invasão e realização de um evento musical, em plena pandemia, no CIEP 326 – Professor César Pernetta, localizado na comunidade Parque União, no Complexo da Maré, na última sexta-feira (12).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *