‘Sempre fui uma serva de Deus’, diz Flordelis

Em sua primeira postagem nas redes sociais desde que foi denunciada como mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, a deputada federal Flordelis disse estar sem “qualquer chance de defesa” “Estou sendo condenada, sem nem ter direito a julgamento.”, lamenta. O pastor também era filho adotivo da deputada.

No texto publicado através das redes sociais, ela nega que tenha mandado matar o marido:

“Eu não tenho o que esconder, eu não mandei matar o meu marido. Se alguém perdeu com a morte dele, fui eu, ele era tudo pra mim, meu companheiro que me ajudava e me guiava, inclusive em todos os aspectos práticos da vida.”

Flordelis ainda afirma que sempre foi “uma serva de Deus” e que “a verdade vai prevalecer”.

Os envolvidos no assassinato:

Os onze denunciados pela morte do pastor Anderson; 9 são da família do casal — Foto: Reprodução/TV Globo

*Com informações da República de Curitiba/RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *