Facebook recorre da decisão de ministro do STF

Nesta sexta-feira (31), a rede social Facebook se manifestou a respeito da nova determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que estende o bloqueio de perfis de 16 bolsonaristas em contas no exterior.

A empresa afirma que apesar de respeitar as leis brasileiras, vai recorrer da determinação. “Respeitamos as leis dos países em que atuamos. Estamos recorrendo ao STF contra a decisão de bloqueio global de contas, considerando que a lei brasileira reconhece limites à sua jurisdição e a legitimidade de outras jurisdições”.

Na quinta-feira (30), o ministro do Alexandre de Moraes determinou, mais uma vez, o bloqueio de contas em redes sociais de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Desta vez, Moraes especificou que o bloqueio se estende a perfis internacionais.

Alguns ministros do STF têm desconforto com as decisões monocráticas de Alexandre de Moraes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *