‘Cidadania’ aposta em Huck nas eleições de 2022

O presidente do Cidadania (ex-PPS), Roberto Freire, disse a O Antagonista que o partido continua apostando em uma eventual candidatura de Luciano Huck ao Palácio do Planalto em 2022.

“Estamos trabalhando com tal hipótese. Tudo está indicando que Huck será candidato de um polo democrático mais inclinado a uma centro-esquerda.”

Para Freire, caso venham a ser confirmadas as candidaturas dos ex-ministros Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública), ambas “terão muito a ver com Jair Bolsonaro”.

“É um mesmo eleitorado, embora a raiz esteja espalhada e eles sejam notáveis dissidentes”, afirmou.

O presidente partidário acrescentou que o apresentador de TV, que ensaiou entrar na disputa em 2018, “tem grandes chances de se consolidar como um candidato muito competitivo”, embora a campanha presidencial de 2022, no entender de Freire, ainda seja algo distante.

Roberto Freire acredita que a população desinformada vai votar no apresentador amigo dos envolvidos na Operação Lava Jato e que foi “agraciado” com recursos do BNDES para comprar um avião.

 *Com informações de República de Curitiba/RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *