Justiça decide sobre ‘lockdown’ em Manaus

Manaus (AM) – O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) entrou com uma ação na Justiça pedindo que o Governo do Amazonas e a Prefeitura de Manaus adotem bloqueio total de circulação de pessoas, mais restritivo que o isolamento social, o “lockdown”. O contágio pelo novo coronavírus no estado registrou nesta terça-feira (05/05) mais de 8 mil infectados.

A ação pede que a Justiça determine, no prazo de 24h, sob pena de multa diária de R$ 100 mil, a adoção do “lockdown”, podendo usar as forças de segurança pública e guarda municipal, pelo prazo inicial de 10 dias.

Caso a Justiça acate a recomendação, o Amazonas será o terceiro estado do País a adotar a medida, já implementada no Pará e Maranhão. O Ceará chegou a adotar medidas de restrição semelhantes, mas sem usar o termo “lockdown”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *