‘Flávio Dino é um alienado’, diz Augusto Heleno

Na sexta-feira  (3), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), disse que o presidente Jair Bolsonaro era “insensível” em relação à pandemia e tinha “trezentos mortos em sua porta”.

Em posto no Twitter, o general Augusto Heleno chamou Flávio Dino de  “comunista alienado”.

“Flávio Dino, Gov (?) do Maranhão, creditou ao Presidente Bolsonaro os 300 óbitos do Covid 21 (sic). Sempre acreditei, pelo passado histórico, que comunistas são seres alienados, sonsos, insensíveis e insensatos. Atitudes como essa confirmam esse perfil.”

Vale ressaltar que o novo coronavírus é oriundo de um país comunista que expõe a população a um regime de escravidão. Quem se manifesta, é preso e, muitas vezes, morta.

*O Antagonista/RN

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *