Braga Netto exonera olavista que escreveu manifesto

Olavista atacou governadores e prefeitos pelas medidas de isolamento social adotadas no combate ao novo coronavírus

O Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (15/04) publica a exoneração de Felipe Cruz Pedri do cargo de assessor especial do gabinete do ministro da Casa Civil, Walter Braga Netto. O assessor estava na equipe da Casa Civil desde o início do governo de Jair Bolsonaro.

De acordo com a portaria do Diário Oficial, a exoneração de Pedri começa a contar a partir desta quarta-feira.

Entrada no Palácio

Pedri chegou ao Palácio do Planalto pelas mãos do então ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS). O agora ex-assessor costuma criar polêmicas nas redes sociais, mirando a “agenda esquerdista”, debates de gênero e as Organizações das Nações Unidas (ONU), vista por ele como uma das grandes disseminadoras do “globalismo”.

Fiel à cartilha do escritor e guru bolsonarista Olavo de Carvalho, Felipe Cruz Pedri é um dos autores do manifesto de fundação do Aliança pelo Brasil, partido lançado em novembro passado por Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *