Caixa anuncia redução dos juros do crédito imobiliário

Na tarde desta quinta-feira (16), a Caixa Econômica Federal anunciou mudanças no crédito imobiliário. Durante evento em Brasília, foi informado que a modalidade contará com taxas de juros a partir de 2,95% ao ano (a.a), somadas à remuneração da poupança, o que representa uma queda de 0,4 ponto percentual, segundo o banco.

A partir de 4 de outubro, os consumidores já podem realizar simulações com as novas condições da linha de Crédito Imobiliário Poupança Caixa. A simulação pode ser feita pelo app Habitação Caixa ou no site www.caixa.gov.br.

As contratações de crédito imobiliário se iniciam em 18 de outubro.

O prazo de financiamento é de até 35 anos. O banco afirma que há a opção de carência de seis meses para início da parcela de juros e amortização.

Ao todo, a Caixa é responsável por 67% de todo o financiamento imobiliário concedido no país.

Atualmente, o banco oferece quatro modalidades de crédito, algumas delas têm juros corrigidos por taxas variáveis, influenciadas pela taxa básica de juros, hoje em 5,25% ao ano. A mudança nos juros já havia sido antecipada por Guimarães na última terça-feira (14), mas sem detalhes sobre percentuais e condições.

Caixa + Construção Civil

O evento desta quinta apresentou as perspectivas do mercado imobiliário e os resultados do segmento habitação. O banco divulgou que alcançou a marca de R$ 300 bilhões em crédito imobiliário contratados na atual gestão e segue como o maior financiador da casa própria no país, com 67,1% de participação no mercado, uma carteira de crédito habitacional com volume de R$ 534,6 bilhões e cerca de 5,8 milhões de contratos, o que representa um crescimento de 20,4% em comparação com 2018.

Somente em agosto de 2021, foram R$ 14,01 bilhões em novos contratos, sendo o mês de maior contratação na história da Caixa.

Entre janeiro de 2019 a agosto de 2021, 6 mil novos canteiros de obra foram iniciados, com geração de mais de 2,1 milhões de empregos diretos e indiretos, diz a Caixa.

O banco também segue como principal agente financeiro do Programa Casa Verde e Amarela, antigo Minha Casa Minha Vida, sendo responsável por 99,99% da aplicação dos recursos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *