Bolsonaro lidera disputa presidencial em cinco cenários

Pesquisa nacional realizado pelo Instituto Paraná mostra que o presidente Jair Bolsonaro lidera, e com folga, as intenções de voto nas eleições presidenciais de 2022 nos cinco cenários possíveis de candidaturas pelos diversos partidos políticos, apesar dos “esquemas” de partidos de esquerda e da imprensa ideológica.

Em todas as simulações, ele aparece com intenção de votos estável, à volta de 32%, mas ele sobe para 37,6% quando o ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro não aparece entre as opções.

No Cenário 1

Bolsonaro acumula 31,9%, contra 11,5% de Sergio Moro, em segundo lugar. Nesse cenário, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, como candidato do PT, seria o terceiro mais votado, com 10,5%.

Ciro Gomes (PDT) tem 10%, seguido de Luciano Huck (8%), enquanto o tucano João Doria teria 5,3%, Guilherme Boulos (PSOL) 3,2% e João Amoêdo (Novo) 2,8%. Representam 12,5% do total aqueles que não optam por qualquer dos candidatos, enquanto 4,3% não sabem ou não responderam.

Veja a intenção de votos para presidente no Cenário 1: 

 

Cenário 2

Bolsonaro também lidera folgadamente com 33,9%, em uma hipótese sem a candidatura de Huck. Assim, Moro passaria a 12,3%, Haddad a 11,8%, Ciro Gomes a 10,7%, João Doria ganharia um ponto e chegaria a 6,3%, Boulos e Amoêdo totalizariam 3,2% cada.

Com Huck fora, nesse cenário, todos os demais pré-candidatos ganham, da esquerda à direita, numa demonstração de que o provável eleitor do apresentador de TV não é vinculado a qualquer corrente ideologicamente definida.

Veja a intenção de votos para presidente no Cenário 2: 

 

 

Cenário 3

O presidente lidera igualmente o Cenário 3 de candidaturas ao Planalto, em 2022, com 32,4%, quando o atual governador do Rio Grande do Sul é apontado como o nome do PSDB em lugar de Doria. Nessa primeira pesquisa nacional em que é citado como pré-candidato, Leite aparece com 2,3% nas intenções de voto.

Neste canário, Sergio Moro segue em segundo lugar, com 12%, quando Haddad (PT) soma 10,8%, Ciro 10,3%, Huck 8,7%, Boulos 3,2% e Amoêdo 3%. Não sabem ou não responderam 4,5% dos entrevistados, enquanto 12,7% afirmam não preferir qualquer desses pré-candidatos.

Veja a intenção de votos para presidente no Cenário 3: 

 

Cenário 4

Bolsonaro aparece na frente também no Cenário 4 do levantamento do Paraná Pesquisas, com 32,4%, quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aparece como o nome do PT, muito embora neste momento ele é inelegível em razão de suas condenações por roubar os cofres públicos. Lula soma 18%.

Em terceiro lugar, neste cenário, aparece o ex.juiz Sergio Moro, com 11,6%, seguindo de Ciro Gomes em quarto lugar, com 8,7%. Na sequência, aparecem os nomes de João Doria (5,3%), Guilherme Boulos (3,5%, João Amoêdo (3%) e o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, com apenas 1,4%.

Veja a intenção de votos para presidente no Cenário 4: 

Cenário 5

No último cenário possível de candidatos a presidente em 2022, Bolsonaro segue na liderança, e com números ampliados para 37,6%, sem a presença de Sergio Moro entre seus rivais. Nessa hipótese, Haddad aparece em segundo lugar com menos da metade, ou sejam, 14,3%.

Neste Cenário 5, sem Moro, Ciro Gomes sobe para 13% e Doria para 6,9%, enquanto Amoêdo registra 3,9% das intenções de voto e Mandetta chega a 2,7%. Neste cenário, 15,5% dos entrevistados afirmam não preferir qualquer desses candidatos, enquanto 6% dizem não saber ou não responderam.

Veja a intenção de votos para presidente no Cenário 5: 

O Paraná Pesquisas entrevistou 2080 brasileiros em 196 municípios dos 26 estados e no Distrito Federal entre os dias 25 de fevereiro e 1º de março.

*Com informações do Diário do Poder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *