Trump é absolvido por senadores no 2º processo de impeachment

Neste sábado (13), o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi absolvido  pelos senadores no segundo processo de impeachment. A votação terminou em 57 votos a favor do impeachment x 43 contra o processo.

A absolvição já era esperada, já que, para ser aprovado, o pedido de destituição tardia precisava contar com o voto de pelo menos 17 republicanos, além dos 50 democratas — uma maioria de dois terços era necessária para condenar o ex-presidente.

A acusação quis chamar a representante republicana Jaime Herrera Beutler para depor, o que adiaria a votação em alguns dias, mas desistiu da convocação em negociação com a defesa.

Numa primeira apreciação sobre a constitucionalidade do pedido, na abertura da análise no Senado, na terça-feira, apenas seis republicanos se mostraram favoráveis à aprovação do processo.

Trump é julgado no Senado por incitar uma insurreição quando discursou a apoiadores em janeiro em frente à Casa Branca. Naquele momento, perto dali, os congressistas oficializavam a vitória de Joe Biden como novo presidente dos EUA, uma etapa apenas formal da democracia americana.

Logo após o fim do discurso de Trump, uma multidão de apoiadores extremistas do republicano invadiu o Capitólio e interrompeu a sessão. Cinco pessoas morreram.

Caso fosse considerado culpado no julgamento do Senado, os democratas também pediam a cassação dos direitos políticos de Trump, tornando-o inelegível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *