Ministro Pazuello volta a Manaus para gerir crise na Saúde

A incapacidade do Governo Wilson Lima na gestão da Saúde, obrigou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, a voltar a Manaus para ajudar no enfrentamento à pandemia de Covid-19.  É a terceira viagem do ministro à região na atual crise.

Parentes de pacientes hospitalizados ou com tratamento em casa, a maior parte deles com Covid-19, fazem fila para comprar oxigênio em Manaus

“O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, embarcou no final da tarde de hoje (12/2), para Manaus, onde deve ficar até quarta-feira (17)”, disse o ministério em comunicado.

“No Amazonas, Pazuello fará reuniões com o governador Wilson Lima, prefeitos, visitará as obras das usinas de oxigênio e supervisionará as equipes do Ministério da Saúde que prestam apoio, por exemplo, à transferência de pacientes para outros Estados”, emendou.

Pazuello é alvo de uma investigação criminal perante o Supremo Tribunal Federal (STF) sobre se houve uma suposta omissão do ministério no combate ao coronavírus na capital do Amazonas, que tem enfrentado uma sobrecarga em seu sistema de saúde público, chegando a sofrer um colapso no abastecimento de oxigênio para os hospitais.

Na véspera, o ministro participou de uma audiência no Senado para falar sobre a atuação do ministério em relação à pandemia. O presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), terá de decidir se autoriza a criação de uma comissão parlamentar de inquérito para apurar irregularidades no combate à doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *