Covid-19: Governador anuncia restrições em todas as cidades do Amazonas

Nesta sexta-feira (5), o Governo do Amazonas anunciou que a restrição na circulação de pessoas em todos os municípios volta a ser de19h às 6h. Além disso, estabelecimentos não essenciais continuam proibidos de abrir, mas podem atuar pelo sistema de delivery (entregas).

O governador Wilson Lima alertou que o Amazonas continua na fase roxa da pandemia. Isso significa classificação máxima de risco para transmissão de Covid-19.

O decreto que determinava o fechamento do comércio e restringia a circulação de pessoas durante as 24 horas do dia valeria até domingo (7). As novas medidas vão do dia 8 ao dia 15.

Veja o que muda:

Circulação de pessoas será proibida de 19h às 6h, com exceção apenas para casos de necessidade;

 

Comércio só pode atuar por meio de delivery, com entregas entre 8h e 17h;

 

Restaurantes e bares podem atuar para delivery entre 6h e 22h, e para drive-thru entre 6h e 18h;

 

Lojas de conveniência podem funcionar até 18h, sem consumo no local;

 

Assistência técnica de celulares, eletrodomésticos ou eletrônicos podem atender em domicílio, de 8h às 17h;

 

Serviços de controle de pragas podem atuar de 8h às 17h;

 

Indústrias podem funcionar por 24h, com ajuste de turnos pra não haver deslocamento durante o toque de recolher;

 

Serviços de coleta e entrega para indústria podem funcionar de 6h às 18h;

 

Estão permitidas obras na saúde, indústria, infraestrutura, além de obras emergenciais de reparo em infraestrutura básica, predial ou viária.

As medidas de restrição estão em vigor no Amazonas desde o dia 2 de janeiro.

O sistema de saúde do Estado entrou em colapso, por superlotação e falta de oxigênio, e está enviando pacientes para outras capitais do brasileiras para tentar desafogar as unidades de saúde locais.

Até quinta-feira (4), mais de 8,7 mil pessoas morreram por complicações da Covid no Amazonas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *