Pesquisa: Aminoácido 5-ALA inibe o coronavírus

Nagasaki (Japão) – A Universidade de Nagasaki publicou um estudo com o título “Ácido Aminolevulínico – um aminoácido natural mais conhecido como 5-ALA -, inibe o novo coronavírus”.

O grupo de pesquisas, conduzido pelo professor Kiyoshi Kita, registrou que doses concentradas da substância conseguem inibir totalmente o coronavírus.

“Eu tinha uma vaga ideia de que funcionaria. Mas não imaginava que realmente conseguiria inibir a multiplicação (do vírus) totalmente em doses concentradas”, disse o professor.

O 5-ALA é utilizado na produção de alimentos e cosméticos e está presente em alimentos fermentados, como natto e vinhos, e em alguns suplementos.

“Agora que descobrimos isso, nosso dever é divulgar”, comenta Kita.

A universidade iniciou os testes clínicos com humanos no início de fevereiro, e começará a utilizar a substância como remédio em março.

Conheça o ácido:

ácido δ-aminolevulínico (dALAδ-ALA5ALA ou ácido 5-aminolevulínico), um aminoácido endógeno não-proteico, é o primeiro composto na via de síntese das porfirinas[ – via esta que leva a síntese do heme em mamíferos e da clorofila em plantas.

O δ-ALA é utilizado também na detecção e cirurgia fotodinâmicas do câncer.

*Fonte: TBS/RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *