Simone Tebet pode derrotar Alcolumbre, Maia e PT no Senado

A senadora Simone Tebet (MS) está a caminho de fazer História, como a primeira mulher a presidir o Senado. Os senadores do MDB estimam que a reversão de cinco a seis votos prometidos a Rodrigo Pacheco, candidato apoiado pelo PT, garantirá a vitória de Simone Tebet na disputa pela presidência do Senado.

A bancada do MDB, nesta terça (12), concluiu que ela é a opção que mais somará apoio, na campanha.

Sua liderança, há dois anos, garantiu a vitória de Davi Alcolumbre (DEM-AP) contra Renan Calheiros (MDB-AL).

Filha do falecido Ramez Tebet, que ocupou o mesmo cargo, Simone Tebet não terá a gratidão de Alcolumbre. Este apoia ostensivamente Rodrigo Pacheco (DEM-MG) em obediência ao deputado Rodrigo Maia, inimigo nº 1 do presidente Jair Bolsonaro.

Com a candidatura de Simone Tebet definida, Rodrigo Pacheco já não estará fazendo campanha sozinho. O MDB vai participar da campanha.

A dúvida é a unidade do MDB. Renan Calheiros, por exemplo, está entre se vingar de Simone, negando-lhe voto, ou de Alcolumbre, que o bateu. (DP/RN)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *