Em live, Ciro Gomes ameaça fuzilar Bolsonaro

Na terça-feira (19), Ciro Gomes participou de uma live no canal Rede TVT, junto com o ex-governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro.  Uma fala de Ciro Gomes está circulando nas redes sociais. Chamou a atenção dos internautas uma declaração “criminosa” do comunista:

“Eu, Ciro Gomes, assumo que estarei na luta de 1, de 10 ou de 1000, para dar a ele (Bolsonaro) o destino do Mussolini, se ele tentar um golpe no Brasil”.

E o “coroné” nordestino repetiu:

“Se Bolsonaro tentar um golpe no futuro, ou em qualquer momento, daremos a ele o destino que teve Mussolini”. Benito Mussolini foi fuzilado dois dias antes do suicídio de Adolf Hitler.

Como morreu Mussolini

A morte de Benito Mussolini, o ditador fascista italiano, aconteceu em 28 de abril de 1945, nos últimos dias da Segunda Guerra Mundial na Europa, quando foi executado sumariamente por partisans anti-fascistas no vilarejo de Giulino di Mezzegra no Norte da Itália. A versão “oficial” dos eventos é que Mussolini e sua amante, Clara Petacci foram fuzilados por Walter Audisio, um partisan comunista que usava o nome de guerra de “Coronel Valerio”.

Entretanto, desde o fim da guerra, as circunstâncias da morte de Mussolini e a identidade do assassino fazem parte de constantes confusões, disputas e controvérsias na Itália.

Os corpos de Mussolini e de sua amante foram levados para Milão, onde ficaram expostos em uma praça, a Piazzale Loreto, para um multidão enfurecida, que gritava insultos e atirava objetos.

Confira as ameaças de Ciro Gomes:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *