Insumos da vacina foram negociados por Bolsonaro

Acredite!!! O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), pediu ajuda ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro das Relações Exteriores, Ernesto Costa, para conseguir os insumos para produção da vacina.

Nesta segunda-feira (25), cinco dia depois de pedir ajuda recorreu às redes sociais para criticar o Governo Federal dizendo que “todo o processo de negociação com a China para liberação de insumos para a vacina do Butantan foi realizado pelo Instituto e pelo Governo de São Paulo”, escreveu ele no Twitter.

Contudo a CNN Brasil teve acesso a documentos confirmando a exportação dos insumos e as tratativas com o governo federal.

“O lado chinês está disposto a continuar a fortalecer a cooperação com o lado brasileiro no combate à pandemia”, disse Yang Wanming na carta, desmentindo o governador paulista.

“A continuidade do recebimento dos insumos para fabricação das vacinas pelo Butantan voltou à normalidade. Isso graças à ação diplomática do governo federal com o governo chinês, por intermédio da embaixada chinesa no Brasil”, disse o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *