ALE-AM aceita mais cinco pedidos de impeachment de Wilson Lima e Carlos Almeida

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM)) acolheu mais cinco pedidos deimpeachment contra o governador  Wilson Lima (PSC) e o vice-governador Carlos Almeida (PTB), durante a Sessão Extraordinária desta terça-feira (26).

Os documentos que apontam possíveis crimes,de responsabilidade por parte dos chefes do Executivo, no período que compreende o início e o atual momento da pandemia no Estado, seguirão para análise jurídica da Procuradoria da Casa.

As denúncias que foram protocolizadas pelos advogados, Marco Vicenzo; Juan Victor Leonardo Castelo Branco; Mauro Menezes de Macêdo Júnior e Cassius Clei Farias de Aguiar, expõem dúvidas quanto à legalidade em atos do Governo, quanto a compra de respiradores em uma loja de vinhos; falta de cilindros de oxigênio em hospitais e unidades de saúde gerenciadas pelo Estado; superlotação nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) e a não destinação de recursos enviados pelo Governo Federal para uso na área da saúde.

As peças são fundamentadas no artigo 55 da Constituição Federal e na Constituição do Estado domAmazonas, além do artigo 176 do Regimento Interno da ALE-AM, pela resolução Legislativa nº 663, de 06 de junho de 2018.

Além da perda dos cargos, os denunciantes pedem que Wilson Lima e Carlos Almeida, fiquem inabilitados de concorrer a cargos públicos pelo período de oito anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *