PF cumpre mandado contra o deputado Saulo Vianna

Manaus (AM) – Na manhã desta segunda-feira (23), policiais federais, acompanhados de membros da Controladoria-Geral da União (CGU), estão cumprindo quatro mandados de prisão temporária e sete de busca e apreensão em vários pontos de Manaus. A Operação Ponto de Parada investiga fraude em processos licitatórios no município de Presidente Figueiredo.

Segundo informações iniciais, um dos alvos é o deputado estadual Saulo Vianna (PTB) e a mulher dele. Entretanto, ele não foi preso, apenas os outros integrantes do grupo.

Os outros investigados são o presidente do boi-bumbá Caprichoso, Jender Lobato; Sérgio Vianna, empresário e pai do deputado estadual Saullo Vianna; Rosedilce de Souza Dantas, assessora parlamentar e empresária; e Udsom Maranhão Duarte.

O deputado é acusado de liderar o grupo criminoso que fraudou uma licitação para serviço de  transporte escolar em 2017 no município de Presidente Figueiredo.

O grupo investigado é acusado de peculato, organização criminosa, desvio de recursos públicos e fraudes. A Justiça Federal autorizou a apreensão de R$ 13 milhões dos envolvidos.

Saullo Vianna foi preso pela Polícia Federal em 2018, antes de tomar posse como deputado estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *