‘Joe Biden tem deficiências mentais’, afirma cientista

A mídia norte-americana se afastou radicalmente da ética durantes as eleições presidenciais e tornou-se extremamente tendenciosa exaltando os defeitos de Donald Trump e escondendo o comportamento criminoso de Joe BIden.

Claes Ryn, professor de Ciências Políticas, disse que a mídia se concentrou apenas nas “fraquezas óbvias de Donald Trump”, sem dar a seu oponente democrata o mesmo escrutínio.

Ryn lançou duras críticas ao democrata Joe Biden na TV4, descrevendo-o, entre outras coisas, como “obviamente deficiente mental”.

O cientista político sueco, que é professor da Universidade Católica da América em Washington DC, EUA, também criticou a forma como a mídia lidou com as eleições.

No caso do candidato Joe Biden, explica o professor, houve falhas que deveriam ser examinadas e destacadas, como a corrupção econômica em larga escala da qual há muito é acusado, disse o acadêmico.

“Ele também foi acusado de abuso sexual e é óbvio que possui deficiências mentais. Mas isso não se reflete nas notícias, que divulgam somente as fraquezas de Donald Trump ”, disse Claes Ryn.

O cientista entende que a vitória de BIden pode ser creditada à perseguição da mídia à Trump e a militância política dos jornalistas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *