Campanha à Prefeitura de Manaus promete “emoções” na última semana

Mesmo em queda nas pesquisas, Amazonino Mendes continua na liderança e não deve participar dos debates na TV para não perder a ‘gordura’ que lhe resta.

A campanha eleitoral para Prefeitura de Manaus vai acirrar os ânimos na última semana.  As pesquisas indicam que Amazonino Mendes (Podemos) vai disputar o segundo turno, mas seu adversário está indefinido.

Os candidatos têm agora apenas mais cinco dias de propaganda na TV para tentar convencer os eleitores indecisos. Dois debates programados para quinta-feira (12/11) – na TV Band às 12h e outro na TV A Crítica as 21h30 – podem  ajudar a definir os nomes principalmente se os candidatos partirem para o enfrentamento mais duro, como aconteceu no debate da TV Norte-SBT Manaus na última sexta-feira (6/11) em que os prefeituráveis partiram para discurso mais agressivo se acusando de atos ilícitos praticados na vida pública.

Nas redes sociais, vídeos estão viralizando mostrando pontos fracos dos candidatos.

O candidato Ricardo Nicolau (PSD) caiu numa armadilha montada pelos marqueteiros de sua equipe. Ao propagar que instalou o Hospital de Campanha em 4 dias, “escondendo” que a Prefeitura cedeu as instalações, investiu R$ 16 milhões e que a empresa Transire contribuiu com R$ 30 milhões, Nicolau foi encurralado pelos adversários.

As imagens de Ricardo Nicolau dentro do Hospital de Campanha acompanhando pacientes passou para a população a ideia que ele seria médico. No debate da TV Norte, a situação foi amplamente explorada, fazendo o candidato “perder o chão”. Os marqueteiros não previram a reação. Foram amadores.

A onda de crescimento de Ricardo Nicolau estancou nos dois últimos dias por conta dos ataques desferidos pelos adversários e por ficar fora da TV durante três dias por conta do direito de resposta conseguido na Justiça Eleitoral à coligação de Alfredo Nascimento. O clima no comitê de Nicolau é de apreensão diante dos últimos acontecimentos. Restou a Nicolau “investir” nas portas das fábricas do Distrito Industrial, reduto de José Ricardo (PT).

Provável adversário

Os coordenadores da campanha de David Almeida (Avante) acreditam que Ricardo Nicolau não tem mais margem de crescimento, e que o ex-deputado será o adversário de Amazonino no segundo turno.

PT sem rumo

O candidato do PT, José Ricardo, vem se colocando como o único candidato verdadeiramente de oposição, mas não consegue se descolar da figura do ex-presidente Lula da Silva, condenado por crime de corrupção e lavagem de dinheiro. O “homem da kombi” paga por ter se deixado fotografar com placas que continham a frase “Lula Livre”.

Bolsonarista

Ocupando a quinta posição nas pesquisas, coronel Menezes (Patriota) ainda acredita numa virada de última hora com a queda de seus adversários. Vai manter a pancadaria nas inserções de TV utilizando imagens do debate da TV Norte-SBT, em que David Almeida e Ricardo Nicolau se engalfinharam e se acusaram de cometerem atos de corrupção.

Alfredo

A performance de Alfredo Nascimento (PL) é uma incógnita. Com o apoio explícito do prefeito de Manaus, Arthur Neto, Alfredo até a última semana não conseguiu decolar. Arthur que tem inaugurado dezenas de obras na reta final da administração e ter superado todo o período da pandemia honrando os pagamentos dos servidores, além de ter modernizado Manaus, não conseguiu transferir seus feitos para o candidato.

Os demais candidatos vão apenas cumprir tabela até domingo (15), dia da eleição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *