Fundo partidário “banca” salário de Lula, o condenado

Aqui, ali e acola, os brasileiros são tratados como otários. Poucos se revoltam contra a “máfia” política. Enquanto o trabalhador sua para, pelo menos, alimentar minimamente a família, os políticos corruptos continuam nadando de braçadas com o dinheiro dos impostos assaltado de seu bolso.

Um exemplo clássico e até redundante, é a situação do Partido dos Trabalhadores. O PT está pagando salários para todos os seus dirigentes, inclusive para o ex-presidente Lula, condenado pela Lava Jato.

O valor da remuneração de Lula é um segredo guardado a sete chaves. Além disso, o condenado recebe R$ 6 mil/mês como anistiado político por ter sido “perseguido” pela ditadura militar. E qual a fonte do dinheiro? O famigerado fundo partidário, ou seja, dinheiro público. Em 2019, as remunerações dos tais dirigentes chegavam a R$ 20 mil.

Em 2020, o PT receberá algo em torno de R$ 100 milhões, perdendo só para o PSL, que abocanhará R$ 110 milhões.

Resumo da ópera: mais uma vez, Lula está sendo bancado com o dinheiro dos impostos dos contribuintes!

Não bastou do dinheiro desviado do povo durante a gestão do PT? A “fome” de Lula é tão grande que ele não se satisfaz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *