Semana Internacional da Juventude é celebrada com programação virtual  

Com o tema “Engajamento Jovem para Ação Global”, as atividades pretendem debater transformações necessárias para o alcance dos ODS

A importância do engajamento jovem para a resolução de problemáticas envolvendo questões como educação, gênero, saúde e meio ambiente entra em debate, de 11 a 14 de agosto, durante a Semana Internacional da Juventude, promovida pela Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável Jovem da Amazônia (SDSN Youth Amazônia, em Inglês), secretariada pela Fundação Amazonas Sustentável (FAS). A programação será virtual através do Instagram (@sdsnamazonia) e do YouTube (SDSN Amazônia).

A iniciativa integra as comemorações do Dia Internacional da Juventude, instituído em 12 de agosto, pela Organização das Nações Unidas (ONU), como forma de celebrar anualmente o papel essencial dos jovens para gerar mudanças e também para aumentar a conscientização sobre os desafios enfrentados pela juventude mundial.

O tema deste ano é “Engajamento Jovem para Ação Global”, um alerta para a importância do engajamento dos jovens nos níveis local, nacional e global, e para a necessidade de incluí-los em espaços de participação e tomada de decisão. Segundo o coordenador da SDSN Jovem Amazônia, Sidney Fernandes, a proposta é conectar os participantes e impulsionar seu envolvimento em iniciativas de impacto.

“O tema só reforça a ideia de que somos partes de um todo e precisamos atuar de maneira cada vez mais estratégica para potencializar impactos. Só temos mais 10 anos para alcançar os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) e vale à pena lutar por um mundo mais digno. Espero que essa pequena amostra do que é a SDSN Jovem Amazônia inspire jovens dos mais diversos lugares. Todos são bem-vindos, saibam que podem ir muito além e que juntos somos realmente melhores”, destaca Fernandes.

Atividades

A programação promovida pela SDSN Jovem Amazônia tem como base o artigo “Seis transformações para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, que identifica as principais intervenções necessárias para o mundo avançar na direção dos ODS e agrupa-as em seis transformações. O documento foi elaborado pelo professor da universidade norte-americana de Columbia, Jeffrey D. Sachs, diretor da rede SDSN Global, entre outros especialistas.

O primeiro dia será dedicado às temáticas de educação, gênero e desigualdade. Serão realizados dois painéis: “Desigualdade de gênero nas diferentes esferas” e “Universalização da Educação para redução das desigualdades”, com participação de especialistas e representantes de organizações da sociedade civil. Os debates serão gravados e poderão ser conferidos na terça-feira (11), a partir das 16h, na plataforma de vídeos do Instagram IGTV (@sdsnamazonia).

Na quarta-feira (12), ocorrerá uma live no Instagram, às 17h, para marcar o lançamento do Caderno ODS “Como fazer juntos”, com a participação da gerente do Programa de Soluções Inovadoras (PSI) da FAS, Gabriela Sampaio. Além disso, às 18h, será realizado um webinar sobre “Conexões nas Américas: organizações jovens e seus impactos”, com transmissão ao vivo pelo YouTube (SDSN Amazônia).

Na quinta-feira (13), um vídeo com a discussão do tema “Como alinhar bem-estar e meio ambiente próspero”, reunindo jovens lideranças amazônicas, será divulgado, às 16h, via IGTV.

Encerrando a programação, o webinar “Demografia, cidades e comunidades sustentáveis” debaterá perspectivas para o futuro, modelos de sociedades sustentáveis, mudanças climáticas e crise migratória, na sexta-feira (14), a partir das 16h, com transmissão ao vivo pelo YouTube.

Sobre a SDSN Jovem

A SDSN Amazônia é uma rede que visa integrar os países da Bacia Amazônica, mobilizando universidades, organizações não governamentais, centros de pesquisa, instituições governamentais e privadas, organizações multilaterais e sociedade civil para promover a resolução prática de problemas para o desenvolvimento sustentável da região. A iniciativa faz parte da Rede de Soluções de Desenvolvimento Sustentável da ONU (SDSN Global) e tem a secretaria executiva realizada pela FAS.

 A SDSN Jovem Amazônia é a divisão voltada para pessoas de até 30 anos, que busca envolver jovens da região na agenda 2030, tendo como objetivos: educar os jovens sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e conduzi-los no caminho dos ODS; conectar jovens no mundo inteiro para trocar ideias, compartilhar experiências e colaborar para alcançar os ODS; e apoiar jovens na criação e replicação de soluções inovadoras para os ODS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *