Governo paga R$ 34 milhões em precatórios para credores desconhecidos, diz Dermilson

Manaus (AM) – Na manhã desta quarta-feira (12), durante a Sessão Plenária na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o deputado Dermilson  Chagas (Podemos), criticou o pagamento de R$ 34 milhões em precatórios feito pelo Governo do Amazonas, em meio à crise na saúde pública.

Por conta disso, o parlamentar enviou requerimentos – assinado também pelo deputado Serafim Corrêa (PSB) – para Procuradoria Geral do Estado (PGE) e para a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), solicitando informações do pagamento, que inclui a relação das empresas na lista de precatórios.

“Precisamos saber quem são esses agraciados que serão contemplados com esses R$ 34 milhões. Pois, vemos o governo fazer um esforço enorme para gastar esse dinheiro em precatórios, e não vemos esse ânimo nas reformas de ampliação nos hospitais públicos”, disse Dermilson.

O deputado citou as unidades hospitalares, porque na tarde da última terça-feira (12), recebeu um vídeo mostrando uma superlotação de pacientes nas enfermarias do Hospital Pronto Socorro 28 de Agosto. “Infelizmente com quase dois anos de governo, Wilson Lima (PSC) ainda não coloca como prioridade a saúde do Amazonas. Ao invés disso, gasta R$ 15 milhões com  publicidades e mais R$ 34 milhões em precatórios. Não existe nenhum investimento, nenhum planejamento de ampliação nos hospitais públicos do Amazonas. Enquanto isso, a superlotação (aglomeração) continua dentro das enfermarias, expondo os pacientes à Covid-19, dentre outras doenças. Uma situação triste e revoltante”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *