Comunistas preparam golpe contra famílias cristãs

Rosalvo Reis – Especial RN

As perseguições aos cristãos ocorrem desde a Antiguidade.  Os livros de história ensinam que a perseguição aos cristãos terminou com a conversão de Constantino I, no início do século IV. Entretanto, isso nunca ocorreu.

No mundo contemporâneo os ataques contra a fé cristão estão se tornando cada vez mais violenta. Denominada misocristia, ou seja, o ódio ou horror a Cristo, aos cristãos, ou ao cristianismo. Misócristos estão presente na China, Cuba, Coréia do Norte e em países islâmicos. E o Brasil caminha de forma acelerada para integrar o grupo que perseguem os cristãos.

Alunos da PUC de Goiás desmascararam comunistas no Foro de São Paulo, promovido pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil pregando o golpe do PT com a ajuda de outras organizações criminosas e revolucionárias.

O grau de infestação de comunistas dentro das instituições católicas e religiosas do Brasil é um claro sinal de que o país já está aparelhado nos três poderes.

Campos de concentração

Um membro da Igreja ‘Early Rain Covenant’ na China, denunciou que o Partido Comunista Chinês continua perseguindo membros da congregação com a ameaça de retirar a guarda dos filhos das famílias cristãs e enviá-los para campos de reeducação do governo.

Em um vídeo, Liao Qiang, membro da Igreja em Chengdu, disse que, após fechar a igreja e prender o pastor Wang Yi (em dezembro de 2018), o Partido Comunista Chinês continua a assediar seus membros.

Qiang disse que foi forçado a deixar a China e fugir para Taiwan:

“Eles não ameaçaram apenas os adultos, mas também ameaçaram nossos filhos. Alguns de nossos membros adotaram crianças e o Partido Comunista enviou à força as crianças adotivas de volta à família original. Essa é a principal razão pela qual fugimos da China. Não podemos garantir que nosso filho adotivo não seja levado por eles” explicou.

Qiang também destacou que as autoridades tiraram quatro crianças adotadas de uma família e as devolveram aos pais biológicos, que posteriormente as repassaram para outras famílias:

“É uma tragédia. A constante opressão deles me fez sentir que devemos fugir da China, porque nossos filhos são muito importantes para nós”

Gina Goh, gerente regional da ICC (International Christian Concern – instituição que defende cristãos de perseguição) para o Sudeste Asiático e autora da denúncia, disse:

“Com a intensificada repressão contra igrejas, sejam elas sancionadas pelo Estado ou clandestinas, não há mais um lugar seguro para ser um cristão na China. Quase todas as províncias do país estão perseguindo cristãos”

“O governo comunista chinês é construído com mentiras. Eles alegam que só punem os cristãos que violam a lei, mas já presenciamos vários cristãos sendo presos por simplesmente estarem praticando sua fé.”

Geração manipulada

No Brasil, a Geração Z, aquela que reclama de tudo, que adota o fascismo, mesmo achando que o combate, é resultado de duas décadas de um ensino ideológico e pouco conhecimento técnico-científico. É um campo fértil para PT, PCdoB, PSOL e agregados. Todos esses partidos com raízes na Teologia da Libertação e em Paulo Freire. A metodologia criou uma geração com poucos adjetivos.

Para onde vamos? Não pense que a perseguição ao Governo do Brasil vem apenas do judiciário. Ela tem raízes profundas na doutrinação comunista e na sede da corrupção. Estamos sendo forçados a uma guerra, ou seremos crucificados.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *