China recomenda cloroquina contra Covid-19

Depois de espalhar o vírus pelo mundo, a China deu uma rasteira nos críticos ao uso da cloroquina para tratar o Covid-19. A Comissão Nacional de Saúde da China recomendou o uso de cloroquina em todas as unidades hospitalares.

Na primeira atualização de suas “diretrizes de tratamento” desde março, o órgão chinês declara: “Alguns medicamentos podem demonstrar um certo grau de eficácia para o tratamento em estudos de observação clínica, mas não existem medicamentos antivirais eficazes confirmados por ensaios clínicos duplo-cegos e controlados por placebo.”

Segundo a comissão, além da cloroquina, “outros medicamentos antivirais recomendados incluem interferon e arbidol, mas a ribavirina deve ser usada junto com lopinavir ou ritonavir”.

O presidente Jair Bolsonaro, assim como outros líderes mundiais como Donald Trump,  recomendaram, desde fevereiro, o uso do medicamento contra a Covid-19, mas foram duramente criticados por opositores políticos e jornalistas desinformados.

E agora? O que dirão agora os delirantes negacionistas do remédio?

 

O que dirão os pesquisadores que negaram a eficiência da cloroquina?

 

O que dirá a mídia criminosa que demonizou o medicamento?

 

O que dirão os políticos de esquerda, que certamente trabalharam em conluio com a mídia suja?

 

O que dirá o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, que mandou a população ficar em casa até sentir falta de ar?

*Com informações da DB/RN

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *