Presidente da OAB quer mudar regra para beneficiar amigos

A possível aposentadoria, por doença, do ministro do Superior Tribunal de Justiça, Félix Fischer, relator da nova condenação de Lula da Silva por corrupção e lavagem de dinheiro, motivou  o presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz,a mudar uma regra que vigora há duas décadas.

Nesta segunda (25/05), na reunião do conselho federal da entidade, Santa Cruz vai tentar acabar a  regra que proíbe seus dirigentes ou conselheiros, incluindo as 27 seccionais, de concorrer pelo chamado “quinto constitucional” em tribunais.

Os críticos da medida acusam Santa Cruz de tentar mudar as regras do jogo para beneficiar aliados que desejam virar magistrado na chamada “quota” da advocacia e, por tabela, beneficiar o ex-presidente Lula, seu amigo pessoal.

Rigor

O ministro Félix Fischer é um dos ministros mais rigorosos do STJ e relator processo da segunda condenação de Lula e tem em suas mãos o recurso impetrado pelos advogados de defesa.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *