Políticos se unem contra uso do ‘Fundão’ no combate ao covid-19

Nesta segunda-feira (6), dirigentes de nove partidos políticos fizeram uma reunião por videoconferência e fechar um pacto de apoio aos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para que sejam firmes e não cedam a propostas de destinar o Fundo Eleitoral para combate ao coronavírus.

Fecharam o acordo ACM Neto (DEM), Baleia Rossi (MDB), Parte superior do formulárioBruno Araújo (PSDB), Ciro Nogueira (PP), Gilberto Kassab (PSD), Marcos Pereira (Republicanos), Paulinho da Força (Solidariedade), Luis Tibé (Avante) e Valdemar Costa Neto (PL).

Os dirigentes apelaram para que Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre não se deixem levar pela pressão popular que se mobiliza pela transferência dos recursos do fundo eleitoral para o tratamento de pacientes contaminados pelo novo coronavírus ou pelo adiamento das eleições municipais para 2022.

Os dirigentes partidários se uniram para se manter no poder e demonstraram desprezo pela situação de pandemia que mata centenas de pessoas no Brasil.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *