ALE-AM aprova pedido de intervenção federal na área de saúde

Durante a sessão virtual, o presidente da ALE-AM, deputado Josuè Neto, anunciou que testou positivo parfa o Covid-19

Na tarde desta segunda-feira (20/04), durante sessão virtual, depois de protestos e carreatas pedindo o afastamento do governador Wilson Lima, a Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM) aprovou, pelo maioria dos votos, o pedido de intervenção na Saúde do Estado.

O documento, apresentado pelo presidente da Casa, deputado Josué Neto, será encaminhado para o presidente da República Jair Bolsonaro, e teve votos contrários dos deputados Saulo Vianna e Dr. Gomes.

No documento assinado pelo presidente da ALE-AM, Josué Neto e pela 2ª vice-presidente, deputada Mayara Pinheiro, consta informações da atual situação da Saúde no Amazonas, diante do enfrentamento da Covid-19.

O cenário nos Prontos-Socorros e Hospitais revelando que pacientes com doenças crônicas – diabéticos, cardiopatas e hipertensos -, estavam na mesma ala de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, foi um dos motivos que motivou a decisão dos deputados.

Segundo dados do governo, quase 90% do leitos totais para pacientes com Covid-19 estão ocupados. Ao todo, o Amazonas possui 6.710 leitos, entre a rede pública e privada. Em uma coletiva de imprensa realizada na quinta-feira (16), o Governo do Amazonas admitiu que o sistema de saúde do estado já apresentava insuficiência da capacidade de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) antes da pandemia da Covid-19.

 Josué Neto testou positivo

Durante a sessão virtual, o deputado Josué Neto, anunciou que testou positivo para o novo coronavírus. “Estou com Covid. Esse debate não é eleitoral”, declarou.

Confira o pedido de intervenção:

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *