Josué propõe programa de nutrição para famílias de baixa renda

Manaus (AM) – O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto propôs nesta segunda-feira (30), ao Poderes Executivos Municipal e Estadual que seja feito com urgência um programa de nutrição para aumentar a imunidade de famílias carentes em Manaus e no interior do Estado durante a pandemia de Coronavírus (COVID-19).

“Acabei de sugerir que os Executivos Estadual e Municipal façam uma campanha didática. O sentido dela é aumentar a imunidade da população mais carente”, afirma Josué, que está preocupado com o avanço da doença na capital e interior do Amazonas.

De acordo com o diretor de Saúde da Aleam, médico Arnoldo Andrade, o pilar de proteção da imunidade das pessoas de baixa renda durante o surto do Covid-19 está na alimentação adequada, além das medidas de higiene. “A pessoa que não tem uma alimentação pelo menos digna fica muito mais frágil às doenças, inclusive, ao coronavírus. Como não temos remédios e nem vacina para essa enfermidade temos que alimentar as pessoas da melhor forma possível”, disse o médico.

Proposta

Ainda conforme Josué, a proposta baseia-se em alimentar as pessoas com baixa renda com arroz, milho, feijão e o multimistura (alimento composto por farelo de arroz, trigo, folhas de mandioca e abóbora) para ajudar diretamente na imunidade da população.

“Não há melhor forma de melhorar a saúde, aumentar a imunidade da população, do que uma boa alimentação, uma boa nutrição. Com uma imunidade forte o organismo das pessoas tem mais chances de combater o vírus” afirmou Josué.

Coronavírus

Até esta segunda-feira (30) o número de casos confirmados no Amazonas era de 151. Além de Manaus também foram identificados casos em oito cidades do interior do Estado: Parintins (3), Manacapuru (2), Santo Antônio do Içá (1), Boca do Acre (1), Itacoatiara (2), Anori (1) e Novo Airão (1).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *