Câmara de Coari protocoliza pedido de cassação de Adail Filho

Manaus (AM) – A Câmara Municipal de Coari protocalizou na tarde desta terça-feira (1º) um pedido de cassação do mandato do prefeito Adail Pinheiro Filho, acusado de comandar o desvio de R$ 100 milhões de reais dos cofres no município.

O pedido se estende ao primo do prefeito, Keiton Batista, presidente da Câmara de Coari, que também está preso.

A motivação do pedido é a quebra de decoro por parte dos acusados durante o exercício do cargo.

Se a maioria dos vereadores decidirem pelo recebimento, uma comissão processante será constituída por três parlamentares, escolhendo-se o presidete e relator.

A partir daí, cumprem-se os prazos de comunicação aos alvos do pedido, no caso, Adail e Keiton, recebe-se defesa prévia e posteriormente acontece a votação da cassação.

Prisões

Na última quinta-feira (26), o Ministério Público do Amazonas, o prefeito, o presidente da Câmara e outras duas pessoas foram presas na operação Patrinus, que investiga o contratos e licitações viciadas.

Na segunda-feira (30), a prisão foi prorrogada por mais cinco dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *