PRF lança concurso público com 500 vagas

A espera chegou ao fim para quem pretende participar do aguardado concurso público da Polícia Rodoviária Federal (PRF) . O edital de abertura de inscrições para a oferta de 500 vagas de policial rodoviário foi publicado no diário oficial desta quarta-feira, dia 28 de novembro.

Para concorrer ao cargo de policial rodoviário é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área de formação, além de carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A jornada de trabalho dos servidores é de 40 horas semanais.

A remuneração inicial é de R$ 9.931,57, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458. Além disso, de acordo com a lei 13.371, sancionada pelo presidente Michel Temer em 2016, os servidores contarão com mais um reajuste, em janeiro de 2019, quando o salário passará a ser de R$ 10.357,88, também com o benefício.

Cabe ao servidor do cargo realizar atividades de natureza policial
envolvendo fiscalização, patrulhamento e policiamento ostensivo, atendimento e socorro às vítimas de acidentes rodoviários e demais atribuições relacionadas com a área operacional da Polícia Rodoviária Federal.

A distribuição das vagas pelos Estados é a seguinte: Acre (17), Amapá (28), Amazonas (23), Bahia (17), Goiás (27), Maranhão (18), Mato Grosso (9), Mato Grosso do Sul (35), Minas Gerais (57), Pará (81), Piauí (22), Rio de Janeiro (10), Rio Grande do Sul (74), Rondônia (15), Roraíma (23), São Paulo (19) e Tocantins (25).

Com taxa de R$ 150, as inscrições serão recebidas já a partir da próxima segunda-feira, 3 de dezembro, com atendimento até 18 de dezembro. Elas poderão ser feitas pela internet, na página eletrônica do Cebraspe, no site http://www.cespe.unb.br/concursos/PRF_18

Os interessados também devem ficar atentos aos horários. No dia 3, as inscrições poderão ser feitas a partir das 12 horas, enquanto no dia 18, o encerramento das inscrições ocorrerá às 20 horas, pelo horário de Brasília.

Provas

A aplicação das provas objetivas e dissertativas está marcada para o dia 3 de fevereiro, no período da tarde, com duração de 4 horas e meia

A prova objetiva será composta de três blocos, com 50 questões no primeiro, 40 no segundo e 30 no terceiro. Além disso, no mesmo dia, os candidatos serão submetidos a uma prova dissertativa, de até 30 linhas. Posteriormente, a seleção contará, ainda, com exames de capacidades físicas, exames de saúde, avaliação psicológoca, análise de títulos e investigação social.

A bloco I versará sobre língua portuguesa, raciocínio lógico matemático, informática, noções de física, ética no serviço público, geopolítica brasileira e História da PRF.

No boloco II serão abordados temas de legislação de trânsito.

Por fim, no bloco III, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional, noções de direito penal e processual penal, legislação especial, direitos humanos e cidadania.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *