Redefinição da realidade

Desde a adolescência passei a questionar o que é real e o que é sonho? Refletia sobre se a ideia for suficientemente maluca, ela pode ser real. Afinal, entre a genialidade e a insanidade, a diferença é o resultado.

Agora a Física trabalha com a redefinição da realidade como a percebemos. O argumento se sustenta no nível mais fundamental do Universo. Ele pode ser composto de uma grande rede neural. A ideia parece próxima da fronteira da loucura, mas consigo compreender pois sempre habitei uma região tênue entre o que chamam de real e o imaginário.

Voltemos ao núcleo do artigo: Na relatividade de Einstein o tempo é relativo, mas absoluto na mecânica quântica. As redes neurais artificiais exibem comportamentos similares a ambas teorias da Física. A mecânica quântica é um paradigma notavelmente bem-sucedido para modelar fenômenos físicos em uma ampla gama de escalas e acredita-se amplamente que no nível mais fundamental, todo o universo é governado pelas regras da mecânica quântica e até mesmo a gravidade deveria de alguma forma emergir disso.

Existe a possibilidade de que a estrutura fundamental que existe seja uma rede neural microscópica da qual tudo emerge; tanto a mecânica quântica – que explica o comportamento das coisas muito pequenas), quanto a relatividade geral (que explica como se comportam as coisas muito grandes).

Se usarmos métodos estatísticos para compreender como se comportam as redes neurais, descobrimos que, em certos aspectos, elas são muitos semelhantes à dinâmica da mecânica quântica o que nos leva a ideia de que o mundo físico talvez seja uma rede neural.

Se a teoria do universo for como uma rede neural, significa que vivemos em uma simulação. A Física nos levar a negar tal condição, mas talvez nunca saibamos a diferença. pois não existe um modelo matemático para fazer a associação.

Entendo, entretanto, que nada existe além de mim do que a projeção dos meus pensamentos. Portanto, podemos existir em outro universo e imaginamos que estamos aqui, nesta dimensão.


Rosalvo Reis

Rosalvo Reis

Editor do Portal Roteiro de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *