Críticas e verdades

Descobri que o Brasil tem o maior número de cientistas por metro quadrado. Todo mundo entende Biologia e fica criticando algumas medidas adotadas pelo Governo Federal para equilibrar saúde e economia. É óbvio que esse comportamento tem origem nas regras da “Pedagogia dos Oprimidos”, de Paulo Freire – para parecer intelectual não precisa conhecer o assunto, basta criticar.

Se os críticos entendessem do assunto, já teriam percebido que desde a “chegada” do coronavírus no Brasil, ninguém morre mais de atropelamento, infarto, câncer e AVC. Todas as morte são creditadas ao coronavírus.

Entenda, o Vírus não é um organismo vivo, mas sim uma molécula de proteina (o DNA) coberta por uma camada protetora de lipídio (gordura), que, quando absorvida pelas células da mucosa (bucal, nasal ou ocular), altera o código genético dessas células e as converte em agressoras e fábricas de mais DNA viral.

Já que o Vírus não é um organismo vivo e, sim, uma simples molécula de proteina, ele não pode ser morto, apenas ser decomposto.

O tempo de desintegração depende da temperatura, umidade e tipo do material onde o Vírus está.

O Vírus é muito frágil; a única coisa que o protege é uma muito fina camada externa de gordura. É por isso que qualquer sabão ou detergente é o melhor remédio, já que a espuma do sabão absorve a gordura. Ao dissolver a camada de gordura, a molécula de proteína se dispersa e fratura por si só.

O calor também derrete a gordura; por isso é tão bom usar água morna para lavar as mãos, roupas e tudo mais. Além disso, a água quente produz mais espuma sendo assim mais eficaz.

Álcool ou qualquer mistura que tenha mais de 65% de álcool dissolve qualquer gordura, principalmente a capa externa de lipídio do Vírus.

Qualquer mistura com uma parte de água sanitária e cinco partes de água dissolve diretamente a proteina, quebrando a molécula.

Água oxigenada também ajuda, contudo é melhor o sabão, álcool ou cloro, porque o peróxido destrói molécula de proteína, mas, você precisa usar ele puro e assim ele ataca a pele.

Como o Vírus não é um organismo vivo como as bactérias, você não pode matar o que não tem vida com antibiótico, apenas desintegrar sua estrutura com os métodos citados.

É importante ressaltar que as moléculas do Vírus permanecem muito estáveis em ar frio seja natural ou artificial como ar condicionado de carros e casas. A umidade ajuda a estabilidade do Vírus assim como a escuridão. Dessa forma, ambientes secos, quentes e luminosos degradam o Vírus mais rápido.

Isto já foi dito até a exaustão, mas você deve lavar suas mãos antes e depois de tocar suas mucosas, comida, chaves, maçanetas, interruptores, controle remoto, celular, relógios, computadores, etc. E também quando usar o banheiro.

Você precisa hidratar mãos secas tanto quanto lavá – las pois o vírus pode se alojar nas pequenas fissuras da pele. Quanto mais viscoso o hidratante, melhor.

Uma última dica: mantenha as unhas cortadas, rente, para diminuir área de alojamento do Vírus.


Rosalvo Reis

Rosalvo Reis

Editor do Portal Roteiro de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *